TANSAGEM

Atualizado: Mar 16



Esta é uma das plantas que mais uso comigo e em trabalhos com as mulheres.

Os povos tradicionais falam tansagem e os acadêmicos tanchagem.


Uma das coisas que mais gosto dela é que é despretenciosa. Fácil de encontrar em lugares úmidos. Parece mato, cresce e se reproduz igual mato, mas é profundamente misteriosa, sábia e curadora.


Ela me traz muito a força da parede mais espessa do útero, o miométrio, que é formado por fibras musculares lisa. Acho que já falei aqui sobre a nossa musculatura lisa, que para Ayurveda, é uma das responsáveis também pela nossa conexão fluida com as forças da natureza.


Nos meus estudos a tansagem é uma planta que nasce e cresce espontaneamente, e pode ser usada como chás, emplasto, vaporização, óleo medicado. Tomar durante uma fase ou ciclo lunar chá de Tansagem algumas vezes ao dia gera experiências interessantes.

Experimente, faça uma vez e observe como você se sente. Quando você quer chamar sua lua, este chá também pode te ajudar, afinando a sua conexão.


Sua principal força é contribuir para a conexão com nosso feminino, com nosso útero. Desobstrui abrindo caminho para esta comunhão, corpo de mulher e natureza. Ela pode limpar profundamente as memórias uterinas abrindo caminho para o fluxo das nossas águas mais profundas. Há quem diga que por ela possibilitar uma limpeza muito profunda, ajuda a nossa energia criativa a fluir mais livremente.


Seguimos estudando e experimentado.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo