OS SEGREDOS DIVINOS DO NOSSO ÚTERO

Atualizado: há 2 dias

Mais uma vez a genial Casilda tentando nos ajudar a compreender o que acontece no nosso corpo, a cada vez que mergulhamos nesse pulso de sexualidade ainda tão pouco desvendado por nós mulheres contemporâneas.


“Quando uma mulher começa a se exercitar sexualmente , o útero começa primeiro a tremer, como uma medusa boiando no mar.

E depois a bater, como um coração, ou como um corpo de uma rã, como diziam nossas antepassadas, e cada batida é a origem de uma onda de prazer.


Quando recupera, de certo modo, a conexão neuro- muscular com o útero, sua batida é percebida durante o orgasmo como uma ameba que se encolhe um pouco para em seguida se esticar suavemente, distensão que se sente como um movimento do útero de baixo, como um movimento ameboide, como o de um peixe que entrasse na cavidade vaginal." Casilda Rodrigáñes Bustos


As serpentes correm no corpo dessa mulher; braços, torso, cabeça; algumas se enroscam no seu ventre. Do livro Pariremos com Prazer, da Casilda, Editora Luas.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo