LUA CHEIA NO CÉU.



O que eu, mulher, tenho a ver com isso?! Tudo.

Quando a gente consegue, de fato, conectar com a força da Lua percebemos que ela vive dentro de nós. E que são infinitas as possibilidades e mistérios para que a gente se perceba cada dia mais inteiras e completas como mulheres. Nós somos cíclicas, como ela, hora Cheia, Minguante; Nova e Crescente.


Estamos claramente num momento de transição. Vamos trabalhar mais intencionalmente nossa consciência e conexão espiritual. É também urgente evocarmos a energia feminina, de pausa, de cuidado/acolhimento, de criação e sabedoria. Reconhecermos a nossa potencia cíclica e de vida morte vida. Tudo isso que nos habita faz parte do processo de cura que precisamos viver agora como humanidade.

Honrar a Mãe, as fontes criadoras de vida, honrar o feminino, honrar os ciclos de expansão e de recolhimento.


E costumo dizer que nós mulheres contemos esta sabedoria em nossos corpos, no nosso ciclo menstrual, no pulsar dos nossos úteros e ovários.


Portanto é este o momento de nos juntarmos, honrarmos e ancorarmos juntas toda esta potência! Bóra!


Te convido a experimentar uma prática conosco. A se conectar com a Lua no céu, a fortalecer a sua conexão com seu próprio ventre e sua sabedoria.


Eu, Mariana Coelho e Bel Mattos estaremos reunidas hoje a partir das 20h, para uma prática gratuita on-line. Mais infos inbox.

E amanhã eu e Renata Frocha estaremos a partir das 8h numa live aqui no meu Instagram e no da Positivapp.

E ainda neste link você encontra também uma sugestão de prática caso não consiga estar conosco em nenhum destes horários.


Uma vontade imensa de pulsarmos juntas!

Venha e convide mais mulheres. Seremos muitas. Mulheres despertas unidas!


Depois desta prática imagino que cada uma compreenderá melhor a sua Relação com a Lua, e o espaço interno que ela habita dentro de você. Mais facilidade para acessar sua intuição e sabedoria.

Seguimos juntas e em frente!

1 visualização0 comentário