Foto Anna Guilhermina

Foto Anna Guilhermina

Depoimentos de mulheres que acompanho

Sinto que posso descrever o meu trabalho de diversas maneiras, mas nada mais verdadeiro do que um relato de quem viveu o processo para falar sobre ele...

Muito grata por tecer essas relações!

Beatriz Costa

“Sabe que não ando fazendo as bênçãos, mas de uma forma ou de outra meu relacionamento com útero, lunação, etc mudou e sou bem mais conectado aos meus fluxos, fases, graças a você.

 

Tenho conseguido resolver grandes questões que me aprisionavam e parece que tudo vai fluindo. Tem horas que parece que volto nas profundezas perdidas, mas de repente pego uma onda e chego lá na frente de novo.

Saudades querida, beijão.”

Inês Drenver

“Oi linda! Passando aqui pra te agradecer de novo pela sessão. Desde então varios processos acontecendo de muita percepção, abertura, soltura, aceitação e entrega.”

Andrea Fortes

“Eu conheci a Maria Barretto com um resquício de business woman, já se reinventando. Pra mim, ela sempre teve ares maternos e, também de irmã que dá colo e aterra. Ela me acolheu, ajudou a colar pedaços e me provocou a sonhar o inimaginável. Me apresentou o tarô das deusas, o plantar a lua e me reapresentou parte do meu poder feminino. Gosto de tê-la por perto, de sentir sua força e suavidade, de me ver espelhada nesta mulher admirável curandeira do feminino.”

Julia Reino

“Descobri a benção do útero em 2016 por um total acaso, e desde então um mundo totalmente novo se abriu pra mim. A Maria me acolheu quase no início dessa jornada mas ainda insegura do que eu estava buscando ali, e me mostrou que o processo deveria ser muito mais orgânico do que teórico, e assim comecei a perceber a beleza de deixar o meu corpo me contar o que ele queria e podia. O poder de plantar a lua e ver florescer daquilo que eu mesma gerei, por exemplo, me dava força em momentos de fragilidade. Assim como me recolher nos momentos de reclusão me dava a tranquilidade para refletir e seguir no ciclo. E assim como a mãe terra o nosso corpo é sábio, ele dá os sinais de que os ciclos estão ou não sendo vistos, vividos. E é com esse trabalho lindo que eu venho aprendendo a ler esses sinais, e me conhecer e cuidar cada vez mais dessa conexão corpo e terra que hoje valorizo tanto.”

Juliana Dutra

"É muito lindo quando mulheres se unem em círculos para acolhimento, apoio e cura mútua. É muito poderosa essa energia. Nosso último encontro foi muito especial para mim, trouxe à tona muito lixo emocional, o que nunca é uma coisa agradável no momento, mas estava absolutamente segura com a força, presença, e capacidade das mulheres maravilhosas que conduzem o grupo. Ali eu me dei conta do que precisava desintoxicar, ali fui assistida e acolhida para dar conta e ali esvaziei para o novo.

 

No pós trabalho ainda contei com a amorosidade e cuidado da Maria para seguir confiante no meu processo.

Me sinto conectada com todas as mulheres que  fazem e fizeram parte dos trabalhos, e sinto essa força mesmo depois de muito tempo. Esta energia não se perde, e sei que posso acessá-la sempre que precisar. Um privilégio fazer parte deste trabalho lindo.”

Fernanda Papa

“O trabalho é para mim um espaço precioso de aproximação com aspectos adormecidos – não exercitados – esquecidos, escondidos, ainda não conhecidos – quiçá rejeitados, do feminino e da força do feminino que existe em cada mulher, e em mim então.

Você é a facilitadora que conduz com sabedoria e intuição os caminhos possíveis para este reencontro. Esta conexão não há fórmula, o caminho é se entregar de verdade. E não ter vergonha de quem se é. É preciso se reconhecer. E continuar a ser.

O pulso

       Para a vida

             Ao que importa

                   (até)

                      A beleza da ferida

                             Reconexão.

© 2020  Natureza Íntima. Todos os direitos reservados.